Quinta, 05 Dezembro 2019 17:51

Professora Tomoe termina 2019 com suas alunas de artesanato

Avalie este item
(1 Voto)
Professora Tomoe termina 2019 com suas alunas de artesanato Foto: Leila Ofélia

Quem aprende a fazer artesanato nas aulas da professora Tomoe sabe que essa deliciosa atividade é uma maneira prazerosa de desenvolver diferentes habilidades.
 

As associadas que frequentam o curso percebem que, a cada aula, o desenvolvimento da memória e da criatividade.
 

Conhecedora dos benefícios do artesanato para os aposentados, a professora Tomoe explora essa excelente terapia para que suas alunas possam trabalhar funções cognitivas, além deixar a mente mais ativa.
 

Em 4 de dezembro, a professora Tomoe Itoda Ienaga, coordenadora das aulas de artesanato no encontro de lazer com os professores aposentados do CPP, encerrou as atividades de 2019 com o grupo.
 

As alunas não economizam elogios.
 

Para Rita de Cassia Grilenzone, que há quatro anos frequenta as aulas, o artesanato é uma forma de relaxamento. "Nas aulas, podemos relaxar, compartilhar nossas experiências e conhecimentos com outras pessoas. Mesmo na terceira idade a mulher deve manter sua vaidade, sua autoestima.”
 

Ana Maria Aguiar dos Santos Schauff diz que a atenção é um dos pontos que são desenvolvidos por meio do artesanato. “Com o grupo, venho, em média, duas vezes por mês. O artesanato ajuda a nos tirar da rotina. Outra vantagem é que nos capacita a ouvir. Precisamos entender o que a professora Tomoe está falando. Com a idade, perdemos um pouco essa característica de ouvir, de prestar atenção,” enfatiza a aluna.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.