Segunda, 21 Novembro 2022 09:33

Sem consultar entidades, Tarcísio escolhe secretário de Educação

Avalie este item
(1 Voto)
Sem consultar entidades, Tarcísio escolhe secretário de Educação Foto: Arnaldo Alves/ANPR

Renato Feder, que ocupa o mesmo cargo no Paraná, deve ser nomeado oficialmente até a próxima semana; representantes de professores criticam escolha



Canais de mídia divulgaram, no final de semana, que o atual secretário de educação do Paraná, Renato Feder, foi escolhido para o mesmo cargo em São Paulo pelo governador eleito Tarcísio de Freitas (Republicanos). A escolha surpreendeu o CPP e outras entidades do magistério, que não foram consultadas sobre a indicação e temem pela privatização da Educação no estado de São Paulo. Na semana passada, representantes dos professores se reuniram para organizar uma pauta da categoria, a ser apresentada ao novo governo.

Entre os pedidos, consta a sugestão de que o secretário de Educação seja alguém que conheça os desafios do magistério paulista e da rede pública de ensino. “Precisamos de uma pessoa que tenha dimensão dos problemas do estado de São Paulo na área da educação, que são muitos”, afirma a presidente do CPP, Loretana Paolieri Pancera.

No encontro, realizado na Sede Central, também ficou acordado a necessidade de uma reunião das entidades com o governador eleito. A ideia é contribuir para a manutenção de políticas públicas educacionais com participação dos educadores. “Diálogo com os profissionais que estão diariamente nas escolas, em sala de aula, nunca é demais. Sem disposição para ouvir aqueles que sustentam a educação do estado, Tarcísio de Freitas começa muito mal”, reforça Loretana.

Feder, de 45 anos, foi cotado duas vezes para ser ministro da Educação de Jair Bolsonaro (PL), chegou a ser convidado pelo presidente para a pasta, mas depois desconvidado por pressões de evangélicos e alas ligadas ao escritor Olavo de Carvalho. Ele era um empresário bem-sucedido na área de tecnologia quando resolveu trabalhar com educação. Em 2017, ele abordou em um evento o então secretário de Educação de São Paulo, José Renato Nalini, na gestão de Geraldo Alckmin, e pediu um emprego na secretaria. Sua explicação foi a de que havia ganhado muito dinheiro e estava disposto agora a trabalhar pelo ensino público.

Segundo o Estado de S. Paulo, Feder já avisou o governador Ratinho Junior (PSD) que aceitaria o convite de Tarcísio e procura colaboradores para sua nova equipe em São Paulo. Ratinho e o governador eleito de São Paulo devem fazer o anúncio conjunto na semana que vem.

Lido 907 vezes

3 comentários

  • Link do comentário Valdir Franco Gerez Quarta, 23 Novembro 2022 16:13 postado por Valdir Franco Gerez

    Como professor aposentado e pela experiência tida ao longo da carreira, essa é mais uma indicação política, de cima para baixo, não ouvindo as Entidades do Magistério e tomando medidas desprezando aqueles que realmente entendem dos problemas existentes na Rede e que poderiam dar contribuições valiosas para 2023.
    Uma sugestão para o novo governo é que a partir de 2023, nos meses de maio, houvesse uma reunião com as Entidades do Magistério para mostrar a situação financeira do Estado e discutir os reajustes salariais da Categoria.

  • Link do comentário Antonio Augusto de Araujo Vedoveli Segunda, 21 Novembro 2022 23:03 postado por Antonio Augusto de Araujo Vedoveli

    Os empresários da Educação Provada colocaram os dois pés na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Esse Senhor - empresario do ramo de informática -é um dos expoentes mais representativo da Direita Bolsonarista Lunática. É isso que dá eleger um governador miliciano!

  • Link do comentário Luiz Antônio Amaro da Silva Segunda, 21 Novembro 2022 21:12 postado por Luiz Antônio Amaro da Silva

    A história se repete. Um forasteiro vai assumir a pasta da educação do principal estado do país. Não entendo o por quê de não se ouvir as pessoas que fazem a educação em S.P. A gestão do PSDB foi uma catástrofe e, pelo jeito, vai continuar piorando .

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.