Quinta, 13 Janeiro 2022 10:38

Em defesa do Arquivo Nacional

Avalie este item
(0 votos)

Por que defesa? O Arquivo Nacional é imprescindível para o Estado e sociedade brasileira porque é responsável pela gestão, guarda e acesso de acervos fundamentais da nossa História, inclusive os produzidos em todos os órgãos federais. O Arquivo Nacional é uma instituição que guarda a nossa História, a nossa memória.

Seu acervo é composto de documentos do século XVI ao tempo presente. A instituição é responsável pela conservação de 1,7 milhão fotografias e negativos e 112 mil livros (8 mil deles raros, cerca de 55 km de documentos textuais), além de charges, cartazes, gravuras, mapas, filmes e áudios.

Os problemas do arquivo começaram em 2019 com a nomeação da Sra. Neide de Sordi para a direção do órgão. Durante sua gestão foi implantada, segundo funcionários do Arquivo, uma censura velada, por meio da eliminação nos instrumentos de pesquisa de palavras chaves como “tortura”, “ditadura”, da criação de barreiras para dificultar o recebimento de novos materiais, bem como o acesso a documentos que possibilitam o estudo de nossa História.

As novas diretrizes criadas em dezembro de 2019 por meio de decreto retiraram, na prática, qualquer possibilidade de o Arquivo Nacional evitar a destruição da memória documental nacional. Antes, a decisão de eliminação de documentos era organizada em uma lista detalhada submetida ao crivo dos funcionários. Após o decreto, foi suprimida a listagem e uma autorização prévia para destruição é concedida de forma genérica pelos cargos de confiança do presidente Bolsonaro.

A defesa do Arquivo Nacional, uma instituição secular, dos seus acervos insubstituíveis é de importância fundamental para a História e a memória de nosso País. Não podemos aceitar o apagão da nossa memória.


Maria Claudia de A. V. Junqueira. Diretora do Instituto de Estudos Educacionais “Sud Mennucci”, mestre e professora de História.

Lido 254 vezes
Mais nesta categoria:« O verbo é esperançar

2 comentários

  • Link do comentário Marias Claudia Segunda, 17 Janeiro 2022 13:14 postado por Marias Claudia

    Professor a legislação em questão é o DECRETO Nº 10.148, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2019.

  • Link do comentário Mv Sexta, 14 Janeiro 2022 22:37 postado por Mv

    Alguém foi ler o decreto? Pq a reportagem cita mas não fala o número.
    CPP: encaminhado ao setor do Instituto Sud Mennucci de Estudos Educacionais. Aguarde retorno por e-mail.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.