Quarta, 13 Março 2019 09:29

Vélez demite número dois do Ministério da Educação

Avalie este item
(0 votos)

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, anunciou nesta terça-feira (12) a demissão do secretário-executivo da pasta, Luiz Antônio Tozi. A divulgação ocorre em meio a uma crise envolvendo mudanças no ministério e de uma queda de braço com o escritor Olavo de Carvalho, que indicou seu nome ao presidente Jair Bolsonaro.
 

A demissão de Tozi havia sido pedida nas redes sociais por Olavo, que atribuiu a ele um movimento de enfraquecer seus ex-alunos na pasta. O ministro esteve na tarde desta terça com o presidente para tratar da crise. Tozi é o segundo nome do ministério que cai por causa da crise envolvendo o grupo de Olavo. No domingo, Bolsonaro exigiu que Vélez demitisse o coronel Ricardo Wagner Roquetti também após pressão de olavistas e do próprio escritor, considerado guru de Bolsonaro e influente entre os filhos do presidente e outros aliados do governo.
 

Em seu lugar, assume Rubens Barreto da Silva, que na segunda-feira (11) foi nomeado secretário-executivo adjunto. Assim como Tozi, ele também é oriundo do Centro Paula Souza.
 

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.