Terça, 05 Outubro 2021 12:00

Professores afirmam: pets reduzem estresse de crianças em aula virtual

Avalie este item
(0 votos)

Pesquisa inédita, feita on-line, analisou a percepção de 200 professores e 1.000 familiares de crianças e adolescentes do Brasil



A presença de animais de estimação pode trazer inúmeros benefícios para o desenvolvimento escolar das crianças durante o ensino à distância imposto durante a pandemia de Covid-19, de acordo com uma pesquisa inédita feita virtualmente pela Mars Petcare com 200 professores e 1.000 familiares de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos, de todo o Brasil.

Os dados mostraram que 79% dos professores notaram que seus alunos se sentem menos estressados durante a aula virtual quando seu animal de estimação está por perto, e 83% dos entrevistados acham que a interação com o pet é importante para reduzir a ansiedade.

Além disso, 87% dos professores dizem que ter um animal de estimação em casa pode ajudar as crianças a se sentirem menos solitárias. A maioria também afirma que passar o tempo com um animal de estimação aumenta os níveis de energia da criança (83%) e motivação (81%) na sala de aula virtual.

"Os pets têm ocupado um papel cada vez mais importante dentro das famílias, e a pandemia intensificou a relação entre eles e seus tutores, principalmente por causa das mudanças de hábitos que afetaram grande parte da população, incluindo as crianças", afirma Sheila Guebara, diretora de assuntos corporativos da Mars Petcare.

"O intuito da pesquisa com os professores e famílias era entender, no cenário brasileiro, como os pets têm interagido com os estudantes durante o momento de aprendizagem online e como isso pode ser benéfico daqui para frente, mesmo com o retorno ao ensino presencial", acrescenta.

Ainda de acordo com o levantamento, 68% dos participantes da pesquisa afirmam que a interação com animais de estimação ajuda as crianças a se relacionar com seus colegas, enquanto 73% deles consideram que ela é boa para a saúde mental e ajuda no ensino. Os dados mostram ainda que 77% dos pais ou responsáveis disseram que o filho fica mais motivado quando seu animal de estimação está por perto durante o dia e 76% acreditam que o pet ficou mais calmo agora que passa mais tempo com as crianças.

Tanto os pais (78%) quanto os professores (87%) concordam que a interação com animais de estimação deve ser usada nas atividades escolares, quando essa prática for apropriada.

Fonte: R7

Lido 141 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.