Quarta, 17 Junho 2020 16:23

Equilíbrio emocional: uma jornada

Avalie este item
(3 votos)

A proposta a ser desenvolvida é fazermos juntos uma jornada emocional por meio de pequenos textos que abordam sentimentos e de exercícios simples e rápidos para instigar a reflexão sobre eles.

Os temas abordados são fruto da experiência pessoal e do trabalho no consultório.

As emoções nos possibilitam controlar os impulsos, interpretar os sentimentos do outro, lidar de forma mais tranquila com os relacionamentos, ter um desempenho melhor no trabalho, e preservar a saúde e o bem-estar.

Por que identificar, expressar e aprender a lidar com as emoções?

São muitos os benefícios, entre eles: a possibilidade de aprofundarmos o autoconhecimento, a autocompreensão, o equilíbrio emocional e a preservação das relações interpessoais. A finalidade dos textos é conversarmos por meio deles, compartilharmos um pouco da nossa experiência e, quem sabe, ajudá-lo(a) a se conhecer melhor ou simplesmente ter um momento de diversão.

AUTOESTIMA

Como é sua percepção de si mesmo?

VOCÊ:

● Fica magoado(a) quando criticado(a) por outra pessoa? (s) (n)
● Teme novas experiências? (s) (n)
● Comenta seus êxitos pessoais com os outros? (s) (n)
● Tenta responsabilizar os outros pelos seus erros? (s) (n)
● Tende a ser tímido(a) ou agressivo(a) demais? (s) (n)
● Busca esconder o que está sentindo? (s) (n)
● Tem vergonha de sua aparência física? (s) (n)
● Sente-se tranquilizado(a) quando os outros fracassam? (s) (n)
● Sente-se à vontade nas relações íntimas com os outros? (s) (n)
● Inventa desculpas para não mudar? (s) (n)

Se você respondeu SIM à maioria das perguntas seria bom melhorar a percepção de si mesmo(a), ou seja, trabalhar a autoestima. 

Autoestima

● É o resultado da percepção que a pessoa tem de si mesma (autoconfiança, autoafirmação, autoimagem e o eu ideal), mas, veja só, o sucesso em uma ou em várias dessas áreas não garante a autoestima porque ela emana do equilíbrio entre estes diferentes aspectos. A autoestima aumenta quando respeitamos os nossos próprios valores e diminui quando o nosso comportamento os contradiz.

● É antes de tudo uma questão de percepção e interpretação da realidade.Um acontecimento provoca uma percepção e uma interpretação, por sua vez, os sentimentos relativos a esse evento estão muito mais ligados à interpretação do que ao acontecimento propriamente dito e levam a um comportamento, que por sua vez, é em parte, uma resposta aos sentimentos.

● É uma opção, assim como podemos gostar ou não de uma pessoa, podemos escolher gostar ou não de nós mesmos. No caminho para podemos escolher gostar ou não de nós mesmos. No caminho para fortalecer a autoestima podemos observar algumas atitudes: ter coragem de expressar as emoções, sejam boas ou ruins; viver de acordo com as próprias crenças (eu sou - eu penso - eu sinto - eu faço); deixar claro o desejo de ser respeitado(a) e respeitar o outro; pensar de forma positiva (concentrar nas habilidades); celebre sempre quem você é.

Quando entendemos como construímos a autoestima e temos clareza do que pode ser feito para modificá-la, se assim for nosso desejo, é preciso nos comprometermos com a mudança e seguir em frente.

Trabalhe sua autoestima

Lance um olhar positivo sobre si mesmo(a). Para ajudar, escreva 5 qualidades que o descrevem.

1. __________________________
2. __________________________
3. __________________________
4. __________________________
5. __________________________

 
Dentre as qualidades que você listou, qual delas contribui mais para sua autoestima?

___________________________________________________________________
___________________________________________________________________

Pense nas suas respostas, sem esquecer que mudamos só quando aceitamos profundamente quem somos.

Fique bem!

Eduardo Junqueira (CRP 06/71379), atua como psicólogo no Centro do Professorado Paulista.

Última modificação em Quarta, 17 Junho 2020 23:34

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.