Terça, 21 Julho 2020 10:50

Equilíbrio emocional: uma jornada

Avalie este item
(6 votos)

Eduardo Junqueira

Tristeza

Continuamos com a nossa jornada em favor do equilíbrio emocional. O tema desse texto é a tristeza.

Relembrando: conhecer as próprias emoções e falar sobre elas é importante para o aprimoramento de nossa inteligência emocional, a chave para aprofundarmos o autoconhecimento, a autocompreensão, o equilíbrio emocional e a preservação das relações interpessoais.

A tristeza é a diminuição geral de nossa energia e de nosso estado de ânimo.

Não há problema em sentir tristeza ou as emoções que ela provoca. Elas acompanham a estamos tristes podemos nos sentir irritados e confusos, perder o apetite, o desejo, a motivação.

Reconhecer emoções significa dedicar tempo a elas e entender o seu papel nas nossas vidas.


Escrita Terapêutica

O avesso da vida é a vida ainda.
Um lado é o outro. E a ida, é a vinda.

Carlos Brandão
Diário de Campo

A escrita terapêutica é uma técnica utilizada na psicologia para permitir a expressão de sentimentos e emoções. A expressão emocional escrita também é usada no caso de sentimentos e emoções relacionados a eventos traumáticos como o luto, doenças, perda de emprego.

O processo de escrever integra aspectos cognitivos e emocionais, oferecendo uma oportunidade para aumentar o insight, a capacidade de autorreflexão, a organização da perspectiva sobre os eventos e a promoção de estratégias adaptativas, em vez da simples revelação de sentimentos e emoções de forma espontânea.

No início, podemos experimentar um certo desconforto, mas após a realização dos exercícios, compreendemos o que estamos vivenciando, integramos o evento traumático e as emoções em nossas experiências de vida.
O tempo despendido na tarefa de escrever pode variar entre 10 e 30 minutos, durante 3, 4 ou 5 dias, apenas uma vez por semana ou mais do que uma vez.


 Ψ Dois exercícios

1) Concentre-se na emoção que está afetando você.

Não se esqueça que é um exercício de liberação emocional, não uma obra literária.

O objetivo: escrever sobre seus pensamentos e sentimentos mais íntimos, relacionados à uma emoção ou situação, que está afetando você. Não censure nenhum pensamento. É importante escrever com sinceridade, mas, ao mesmo tempo, tente não usar o exercício uma emoção ou situação, que está afetando você. Importante escrever com sinceridade, mas, ao mesmo tempo, tente não usar o exercício para protestar ou se arrepender. Vamos usar a tristeza como exemplo. Você só tem que explorar sobre como a tristeza está afetando você. Ao progredir na escrita, você pode começar a ligar a tristeza com outros aspectos da sua vida.

Pergunte a si mesmo:

- a tristeza está ligada a um acontecimento específico, à infância, aos seus pais ou a pessoas que tiveram um papel importante em sua vida?
- a tristeza está relacionado à sua vida atual?
- qual o papel que ela pode desempenhar no futuro?

A ideia é que você procure por ligações entre esse evento, o seu cotidiano ou seu passado. Você também pode encontrar um relacionamento com a pessoa que você é e com a pessoa que gostaria de ser no futuro.


2) Aprofunde-se ainda mais nos sentimentos e pensamentos, para avaliar o efeito que a tristeza teve nas diferentes esferas de sua vida.

Procure entender até que ponto você teve responsabilidade nos acontecimentos que provocaram sua tristeza. Mas, tenha em mente que não se trata de buscar culpados, mas apenas de entender seu nível de responsabilidade, para que no futuro você não cometa os mesmos erros.

Independentemente dos seus benefícios, a escrita terapêutica não substitui a ajuda especializada, ou o tratamento necessário em diferentes contextos clínicos. No entanto,pode ser utilizada como uma ferramenta adicional, quando aplicável, considerando sempre os resultados produzidos pela investigação.

Pode ser utilizada como uma ferramenta adicional, quando aplicável, considerando sempre os resultados produzidos pela investigação.


Eduardo Junqueira (CRP 06/71379). Atua como psicólogo no Centro do Professorado Paulista

Última modificação em Quarta, 22 Julho 2020 15:04

1 Comentário

  • Link do comentário Paula Hanmer Terça, 21 Julho 2020 13:09 postado por Paula Hanmer

    Muito importante nesse período tão difícil. O artigo veio em nós hora! Muito bom.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.