Quarta, 13 Novembro 2019 11:11

Sede de São Carlos promove homenagem aos professores

Avalie este item
(0 votos)

A Câmara Municipal e o CPP São Carlos promovem nesta segunda-feira (18) uma sessão solene para entrega do Troféu “Professor João Jorge Marmorato” à Professora do Ano de 2019, Julieta Lui, do Troféu “Professora Benedicta Stahl Sodré” à Professora Emérita do Ano, Maria Aparecida de Morais, e do Troféu “Palmiro Menucci” à professora Débora Gonzales Costa Blanco. As premiações ocorrem em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à educação.

A cerimônia, aberta à participação da comunidade, será realizada às 19h30, no Teatro Municipal “Dr.Alderico Vieira Perdigão”. Na ocasião, também receberão homenagem especial os professores João Carlos Rodrigues, Pedro Marcelo Batista, Marta Foschini de Lima, Maria Amélia Meirelles Botta Martins e Patrícia Yoshico Matubaro Mareschachi.

A atribuição dos troféus foi regulamentada pela Lei Municipal nº 13.211, de 18 de setembro de 2003, enaltecendo a contribuição prestada à educação por docentes em exercício, aposentados e personalidades de atuação estadual ou nacional.

O vereador e presidente regional do CPP, Azuaite Martins de França, cumprimentou os homenageados e ressaltou a importância do trabalho dos professores, fundamental no processo educativo e profissional responsável pela capacitação de todos os outros profissionais, ensinando-os desde cedo sobre as mais diversas áreas do conhecimento humano.

“O professor é necessário para construir uma sociedade civilizada e mais necessário ainda nos dias atuais, quando começamos a atravessar tempos em que somente a educação poderá se contrapor à intolerância, à disseminação do ódio e do obscurantismo que ameaçam”, afirmou. “O docente é a ponta de lança da resistência a esse estado de coisas. Onde existe o professor, existe um facho de luz contra a escuridão da ignorância.”

Ele acrescentou que a realização anual da homenagem do município e do CPP aos docentes coloca em evidência uma categoria constituída por “arquitetos do futuro, educadores que espalham conhecimentos e formam as novas gerações”. “Se queremos ter um país civilizado devemos começar por valorizar nossos professores”, disse França, enfatizando que a solenidade estimula também uma reflexão sobre o papel do professor e a necessidade de que seja respeitado.

Lido 1147 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.