Quarta, 23 Maio 2018 12:20

Jurídico entrará com ação para rever Bônus 2018

Avalie este item
(1 Voto)

A advogada da Sede Central Miriam Yoshida esclarece detalhes sobre o mandado de segurança coletivo. 

10 comentários

  • Link do comentário Valdelice Pereira de Souza Constantino Quinta, 07 Março 2019 18:14 postado por Valdelice Pereira de Souza Constantino

    Boa noite, tirei 135 dias de licença prêmio e mais 6 abonadas em 2018, minha escola atingiu o índice do IDESP, mas verificando no portalnet a minha situação NOVO BôNUS percebi que consta a seguinte frase "sem tempo para bônus". Há alguma forma de receber o bônus, já que licença prêmio é considerada efetivo exercício?
    Obrigada!
    CPP: encaminhado à Procuradoria. Aguarde retorno por e-mail.

  • Link do comentário Tania Marize Polo Bergamini Quinta, 07 Março 2019 11:31 postado por Tania Marize Polo Bergamini

    No ano de 2017 tirei licença premio quase o ano todo,já tinha tempo para aposentar, minha escola teve direito ao bônus, porem eu não recebi, também achei que não tinha direito, mas lendo a legislação de licença premio constatei que seria " efetivo exercício" será que tenho direito a receber esse bônus?
    Atenciosamente
    Tania
    CPP: encaminhado à Procuradoria. Aguarde retorno por e-mail.

  • Link do comentário Tania Marize Polo Bergamini Quinta, 07 Março 2019 11:28 postado por Tania Marize Polo Bergamini

    No ano de 2017 tirei licença premio quase o ano todo,já tinha tempo para aposentar, minha escola teve direito ao bônus, porem eu não recebi, também achei que não tinha direito, mas lendo a legislação de licença premio constatei que seria " efetivo exercício" será que tenho direito a receber esse bônus?
    Atenciosamente
    Tania
    CPP: encaminhado à Procuradoria. Aguarde retorno por e-mail.

  • Link do comentário Nelson Natal Ferrari Terça, 29 Janeiro 2019 00:05 postado por Nelson Natal Ferrari

    Consulta: Credor -Nelson Natal Ferrari HELY MEIRA DE CASTRO E O/O Fazenda do Estado de São Paulo
    7006802-50.2000.8.26.0500
    CPP: encaminhado ao Departamento Jurídico. Aguarde retorno por e-mail.

  • Link do comentário Maisa Ricardo de Oliveira Terça, 14 Agosto 2018 12:39 postado por Maisa Ricardo de Oliveira

    Bom dia,
    Sou da categoria F, porém estou com uma sala de uma professora afastada até dezembro de 2018.Em março do corrente mês , fui diagnosticada com neoplasia, o qual o médico me concedeu 60 meses de licença ( 5 anos) para o tratamento. Minha dúvida : * Estarei recebendo nestes 60 meses somente as horas permanências?
    *Terei a oportunidade de estar concorrendo à sala de aulas neste período?
    Grata pela atenção
    Att
    Maisa

    CPP: mensagem encaminhada ao Jurídico. Por gentileza, aguarde retorno por e-mail. Att.

  • Link do comentário Jonas S. Cavalcante Terça, 05 Junho 2018 09:56 postado por Jonas S. Cavalcante

    Um esclarecimento; tenho 21 anos trabalhados pelo regime do INSS e 14 anos como professor na rede estadual. Pelo INSS tenho o tempo de contribuição para requerer aposentadoria, porém, pela minha idade 55 anos, a aposentadoria seria proporcional. Minha duvida é: se averbar o tempo de INSS no Estado, para me aposentar como servidor, após averbação poderia solicitar aposentadoria proporcional com essa idade?
    Entrei no serviço público em 18/08/2004. Pelo INSS tenho 9 anos como professor em escola privada e o restante 12 anos em indústria.

    CPP: mensagem encaminhada ao Jurídico. Por gentileza, aguarde retorno por e-mail.

  • Link do comentário Jo Sábado, 02 Junho 2018 04:02 postado por Jo

    Gostaria de saber pq nossa categoria recebe o auxílio alimentação de de acordo com o salário. Somos todos iguais. Temos direitos e deveres. Os deveres são iguais a todos, porém os direitos são limitados, nem todos têm ( auxílio alimentação. Até os politicod têm esse direito e ultrapassam o valor ganho. Nós, não temos isso, aliás, qualquer funcionário público (exceto professores) recebem auxílio alimentação, independente do valor do salário!
    .

  • Link do comentário Aparecida Pereira da Silva Sexta, 01 Junho 2018 15:47 postado por Aparecida Pereira da Silva

    Boa tarde , muito contristada , apenas com 5 faltas abonadas meu bônus foi ZERO, não recebi NADA . Que injustiça , com 32 aulas.

  • Link do comentário Marcelo Ravazzi Tesine Terça, 29 Maio 2018 08:20 postado por Marcelo Ravazzi Tesine

    Bom dia , estou na sala de aula no período noturno desde 2000 e, sempre dei mais de 20 aulas no período e, sempre recebemos a GTCN por 20 aulas semanais, ou seja, 100 aulas mensais e, agora li no boletim da APEOESP que eles ganharam na justiça o direito de receber a GTCN sobre todas as aulas do período noturno e depois de incluído este direito o sindicato vai pedir os atrasados retroativo a 2006. E nós vamos ficar vendo os colegas ganharem este direito e ficar sem nada? Gostaria de mais informações.

  • Link do comentário ERCILIA NASCIMENTO SILVA DA COSTA Domingo, 27 Maio 2018 13:50 postado por ERCILIA NASCIMENTO SILVA DA COSTA

    Meu tempo para aposentadoria deu-se em 23/12/2017(9525 dias) .Já estou recebendo abono permanência. Entrei com pedido de aposentadoria em 21/03/2018. Tenho 135 dias de licença prêmio não gozada, e 36 TRES. Estava na vice-direção de escola até o dia 21/05/2018. Pedi minha cessação e voltei como professora para minha sede.Pedi licença prêmio 30 dias e não fui atendida. Então, quero usar meus TREs...O diretor consultou a supervisora, e esta informou que não pode dar 30 dias de TRE.Pode intercalar com faltas abonada, e justificadas.
    .Isso está certo????Eles podem não autorizar os TREs que tenho direito????

    CPP: mensagem encaminhada ao Jurídico. Por gentileza, aguarde retorno por e-mail. Att.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.
Campo destinado a comentários relacionados à notícia. Duvidas sobre Vida Funcional devem ser encaminhadas aos respectivos setores.
Clique aqui para ver os contatos.