Embora o prefeito Fernando Haddad  tenha prometido extinguir o chamado “horário da fome” – das 11h às 15h – São Paulo ainda terá 14 escolas municipais que contará com este turno em 2014 – nove do ensino fundamental e cinco do infantil.

 

Para a Secretaria Municipal de Educação, somando-se todas estas unidades, há cerca de 6.900 alunos. Entretanto, a pasta afirma que o turno da fome será aniquilado até o final da administração Haddad, uma vez que já foram entregues duas unidades e há uma previsão para que quatro unidades do ensino fundamental e cinco do ensino infantil sejam entregues até o final de 2013.

 

A prefeitura prevê, também, segundo reportagem do Agora-SP, a construção de mais 15 escolas que estarão prontas para serem inauguradas em 2014 e 2015.

Secom/CPP