Foto: CPP Limeira

Além da exposição, estão previstos outros eventos relacionados ao TEA

A “Semana ARTEA (Arte e Transtorno do Espectro Autista)” foi na tarde de terça-feira (4) com a inauguração da exposição composta por trabalhos artísticos realizados por estudantes com TEA. A iniciativa está prevista em lei de autoria do secretário de Cultura, José Farid Zaine. Participam, as Secretarias de Cultura, Educação e Saúde; o Centro do Professorado Paulista (CPP), de Limeira, e a Faculdade de Administração e Artes de Limeira (FAAL),

 Além da exposição, outros eventos aconteceram nos dias 5 e 6 de abril, como a realização de palestras e oficinas, que têm como finalidade conscientizar a população e multiplicar as ações relacionadas ao TEA.

 “A lei que estabelece a Semana ARTEA fomenta o trabalho realizado com pessoas com espectro autista. A exposição é resultado das professoras do núcleo de artes, e são apresentados os trabalhos realizados em sala de aula”, afirma a diretora do Departamento de Memória e Centro de Ciências, Adriana Pessatte Azzolino.

 “A proposta da semana surgiu após uma visita a exposição itinerante de um artista autista e percebi que esse tipo de atividade deveria ser ampliado. Assim, o evento tem o objetivo de valorizar esta manifestação artística que, notoriamente, auxilia na comunicação do autista, quando ele se expressa através da arte”, explica Farid Zaine.

INCLUSÃO

 Para o prefeito Mario Botion, a exposição e as demais ações da semana têm como objetivo permitir a socialização da pessoa portadora do TEA. “É um processo acentuado de inclusão, e que deve ser repetido sempre que for possível “, observa o prefeito.

 O secretário de Educação, André de Francesco, elogia a iniciativa. “Agradeço a todos que entendem a causa e lutam por ela. A arte existe para isto: para a troca de sentimento e experiência”, opina. O secretário de Saúde, Vitor Santos, aproveitou a ocasião para falar sobre o novo CEMA (Centro de Especialização Municipal do Autista). “A abordagem e o desenvolvimento dessas pessoas devem ser trabalhados de forma integrada, com saúde, educação, esporte e cultura”, concluiu.

Também estiveram presentes na abertura: o presidente da Câmara Municipal, Everton Ferreira; a vice-presidente da Câmara, Isabelly Carvalho; a diretora geral da FAAL, Kênia Lyra; a diretora Pedagógica, Adriana Dibbern Capicotto; a coordenadora e formadora da área de Artes, Tânia Lima Theodoro; e a pedagoga especialista em Análise do Comportamento Aplicada, Silvani Rabelo Anael.