A professora e deputada federal Maria Lúcia Prandi morreu na manhã desta quarta-feira (7), no Instituto do Câncer, em São Paulo, aos 70 anos. Ela era uma das lideranças políticas mais importantes da Baixada Santista, no litoral paulista, e engajada nas lutas da categoria do magistério.

 

Maria Lúcia foi secretária de educação de Santos, no Governo Telma de Souza (1989/1992) e deputada estadual. Ocupava o cargo de deputada federal desde 2014, quando entrou no lugar de Ricardo Berzoini (PT), que saiu para ser ministro das Relações Institucionais.

 

O Centro do Professorado Paulista sente a irreparável perda da incansável defensora dos professores e da educação brasileira.

 

Secom/CPP