A Fundação Ema Gordon Klabin, no Jardim Europa, reabre ao público no dia 25 de janeiro (quarta-feira) e é uma ótima opção de passeio para apreciadores de arte. Esse ano, a casa-museu comemora dez anos e contará com uma rica programação cultural. O espaço abre de quarta a domingo, das 14h às 17h (com permanência até às 18h), sem agendamento. Aos finais de semana e feriados a visita tem entrada franca. Nos outros dias, o ingresso custa R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

 

No aniversário de São Paulo (25), a partir das 14h, a casa também oferece uma caminhada fotográfica pelo bairro do Jardim Europa. A ideia é que os participantes registrem características desse tradicional bairro paulistano pensando sua relação com o desenvolvimento da cidade. As inscrições são gratuitas e estão abertas no site. É necessário levar uma câmera que pode ser a do celular.

 

E para a criançada, as férias continuam no museu com uma série de oficinas artísticas nos meses de janeiro e fevereiro, das 14h às 16h. A primeira delas, a Oficina de Desenho “Contornando o Invisível”, será no dia 28/01 (sábado), com inscrições gratuitas no site

 

A casa-museu reúne mais de 1.500 obras, entre pinturas do russo Marc Chagall e do holandês Frans Post, dos modernistas brasileiros Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Portinari e Lasar Segal; talhas do mineiro Mestre Valentim, mobiliário de época, peças arqueológicas e decorativas.

 

Construída na década de 50 pelo engenheiro-arquiteto Ernesto Becker, a residência de 900 m² foi inspirada no Palácio de Sanssouci, em Potsdam, Alemanha, e foi inaugurada em 1960. Ema Klabin viveu ali até 1994, após sua morte, a casa passou a ser a sede da instituição que leva seu nome e reúne sua coleção de arte adquirida ao longo de mais de quatro décadas em galerias e antiquários no mundo inteiro.

 

Em março, a casa-museu comemora dez anos aberta ao público. O espaço oferece, durante todo o ano, uma programação cultural variada e de qualidade que inclui, além das visitas guiadas ao acervo, atividades como exposições, shows, documentários, cursos e oficinas, tornando-se referência na vida cultural da cidade de São Paulo. Em 2016, mais de doze mil pessoas conheceram a casa, que também promoveu 34 shows gratuitos.

 

Serviço:

Visitas Mediadas à Fundação Ema Klabin

Reabertura: 25 de janeiro

Datas e horários: Quarta a domingo, das 14h às 17h, com permanência até às 18h.

Duração: As visitas duram em média uma hora.

Preço: Sábados, domingos e feriados: Entrada franca. De quarta a sexta: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). Professores não pagam.

Não há necessidade de agendamento prévio.

Caminhada fotográfica: dia 25/01, às 14h, 20 vagas, gratuita, inscrição no site www.emaklabin.org.br

Oficinas para crianças: dias 28/01 , 04, 11 e 18/02, 25 vagas (por oficina), gratuitas, inscrição no site www.emaklabin.org.br

Confira a programação das oficinas para as crianças

Indicação: livre

Endereço: Rua Portugal, 43, Jardim Europa, São Paulo.

telefone (11) 3897-3232