No “Por Dentro do Assunto” de hoje, pesquisa sobre indisciplina mostra porque, as vezes, o primeiro lugar é o mais inglório do mundo.