O fator previdenciário e a fórmula 85/95 deixarão de existir se a proposta de reforma da Previdência Social do governo Federal for aprovada pelo Congresso. Após a reforma, os benefícios concedidos serão calculados de uma única forma. O novo cálculo vai considerar 51% da média salarial do segurado mais 1% para cada ano de contribuição ao INSS para definir o valor final da aposentadoria.

 

A expectativa do governo é que as discussões sobre a reforma se estendam até o final do primeiro semestre de 2017. Isso deve garantir o benefício integral para quem completar a pontuação do 85/95 até julho. Segundo a Previdência Social, quem já tiver o direito adquirido poderá escolher a melhor regra para se aposentar.

Fonte: Agora S. Paulo